spanish
A UNIÃO E COESÃO INTERNA É A CHAVE DAS NOSSAS VITÓRIAS
11.maio.2022

"A UNIÃO E COESÃO INTERNA É A CHAVE DAS NOSSAS VITÓRIAS, EM PARTICULAR NAS VILAS AUTÁRQUICAS E CIDADES MUNICIPAIS, COMO SEMPRE DISSEMOS QUE INDEPENDENTEMENTE DO LOCAL ONDE EXERCEMOS AS NOSSAS TAREFAS SOMOS DIRIGENTES E QUADROS DA FRELIMO COM UM OBJECTIVO COMUM: MANTER A FRELIMO NO PODER E SERVIRMOS BEM OS NOSSOS MUNÍCIPES, NOSSA POPULAÇÃO NOSSO PATRÃO”.

 

Camarada Tomás Lucas Chithango , Primeiro Secretário do Comité Provincial da FRELIMO em Manica, fez este pronunciamento na manhã de hoje terça-feira (10), na cidade de Manica, no quadro do seu discurso de abertura da IV Reunião Provincial de Avaliação do Desempenho dos Municípios. O encontro vai analisar e avaliar profundamente, com abertura e franqueza, o nível do cumprimento dos manifestos e da satisfação dos munícipes que a FRELIMO dirige na província, Tomando e considerando, o que se prometeu aos munícipes e o que discutiu se na III reunião realizada no ano passado em Sussundenga.

Na ocasião, o Primeiro Secretário do Comité Provincial da FRELIMO em Manica, apelou para que todos continuem inspirados, guiados pela determinação, sabedoria persistência, visão, firmeza, humildade, pragmatismo, simplicidade, modéstia, dedicação e linhas orientadoras do Camarada Presidente Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da FRELIMO e Presidente da República de Moçambique, tendo referido que, não restam dúvidas de que o prosseguimento dos esforços para a busca da paz efectiva e reconciliação nacional, é uma missão inadiável que compete a todos nós, por isso somos chamados a esta causa nobre, visando fortalecimento da nossa economia, através da livre circulação de pessoas e bens, em todo o território nacional em busca do bem-estar dos moçambicanos.

Saudou às Forças de Defesa e Segurança pelo engajamento e empenho, demonstrado no teatro operacional norte na luta contra o terrorismo que imbuída de espírito de patriotismo, lutam de forma abnegada e incondicional na defesa da nossa soberania, reafirmando o compromisso de consolidação da Unidade Nacional.

Apelou ainda a todos a contínua vigilância, e o contínuo trabalho para desencorajar a juventude a não se juntar as fileiras destes malfeitores em Cabo Delgado e a condenar a desinformação nas redes sociais e em órgãos de Comunicação social, que põe em causa os esforços do Camarada Presidente e Comandante em chefe das Forças de Defesa e Segurança. Ainda mais, denunciar às autoridades competentes, movimentos estranhos de cidadãos que circulam pelas nossas comunidades, meio pelo qual pode evitar a implantação de grupos ou facções que podem criar um revés à soberania nacional.

Num outro desenvolvimento, Camarada Tomás Lucas Chithango, Primeiro Secretário do Comité Provincial da FRELIMO em Manica, recordou aos presentes a retoma do apoio directo ao Orçamento do Estado pelo FMI, descontinuado desde 2016. Onde afirmou que, está retoma do FMI evidencia o resgate da confiança da comunidade internacional face a sábia e clarividente liderança do Camarada Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da FRELIMO e Presidente da República de Moçambique, República de Moçambique, caracterizada por uma boa governação, uma governação transparente e focada no desenvolvimento.

Mais adianta, expressou o profundo apreço aos dirigentes dos órgãos Municipais presentes, sob direcção da FRELIMO , juntos aos munícipes, que souberam controlar e manter o funcionamento positivo dos Municípios, guiando-se assim com o manifesto da FRELIMO.

Camarada Tomás Lucas Chithango , felicitou em nome do Comité Provincial da FRELIMO e em seu nome pessoal, os Presidentes Municipais e a sua equipe de trabalho das Cidades e Vilas Autárquicas onde dirigem na execução dos planos e do manifesto no decurso do seu mandato.

Recordou-lhes que têm um grande desafio à sua frente: intensificar o melhoramento dos Municípios onde dirigem, fazendo cumprir assim o manifesto da FRELIMO.

"Estamos a escassos meses para as próximas Eleições Autárquicas, onde a vitória em todos municípios desta nossa Província é um imperativo. A palavra de ordem é “a vitória prepara-se, a vitória organiza-se”. A avaliação do desempenho dos municípios que vai decorrer durante o dia de hoje, permitirá maior debate naquilo que fizemos com base no manifesto Eleitoral e montarmos estratégias conjuntas para o cumprimento de actividades não realizadas, mas de maior impacto para a vida dos munícipes." Concluiu

G.C.I-FRELIMO MANICA

Ler 54 vezes

Boletim Informativo

  • Mais Notícias
  • Delegações Provinciais

 

UNIDOS NA LUTA CONTRA A POBREZA

Subscreva ao boletim informativo