hasta yatağıhasta yatağıtuzla escort
spanish
FRELIMO saúda muçulmanos por ocasião do Eid-ul-fitre
12.maio.2021

O Partido FRELIMO saudou ontem, 11 de Maio, a comunidade muçulmana em Moçambique, por ocasião do Eid-ul-fitre, que marca o fim do Ramadão. 

 

Na mensagem, a FRELIMO refere que o Eid-ul-fitre é o culminar de um período de reflexão que marca o fim do Ramadão, que serviu de momento de meditação, intensificação da solidariedade, introspeção nos valores de amor ao próximo, onde os muçulmanos rogam a Allah para que faça descer ao mundo a bênção e resplandeça a sua misericórdia. 

Nesta perspectiva, refere a nota, que o Partido se junta à comunidade muçulmana na comemoração do Eid-ul-fitre, pois os “irmãos muçulmanos são merecedores de dádivas divinas, porque as suas acções enobrecem a pátria moçambicana”.

A FRELIMO reconhece, através do mesmo documento, que o fim do Ramadão é o momento da exaltação da união, amor, partilha do bem e, por isso, momento contagiante que não é apenas para os muçulmanos, mas para todos os moçambicanos. 

O partido FRELIMO considera que o contributo da comunidade muçulmana representa um dos pilares importantes para o incremento económico, social e para a consolidação da unidade nacional.

“Valorizando a comunidade muçulmana pelo seu empenho, a FRELIMO exorta os crentes da religião muçulmana, as lideranças religiosas e todas as forças da sociedade para continuarem a proporcionar apoio às vítimas do terrorismo em Cabo Delgado e aos deslocados causados pelos ataques da Junta Militar da Renamo, no Centro do país”, refere o comunicado. 

Acrescenta que a FRELIMO reconhece que o Islão é pelo bem e pela paz, por isso, deplora e condena as tentativas de usar alegações de que esta religião está associada ao terrorismo. Exorta, igualmente, a todos os cidadãos moçambicanos em geral e em especial aos muçulmanos para que observem todas as medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus. 

A nota refere ainda que a FRELIMO reconhece e encoraja o papel das denominações religiosas na promoção da cultura da moçambicanidade, no desenvolvimento da juventude, da mulher e da família, no interesse pela harmonia da família moçambicana, consolidação da paz e pela defesa dos valores morais e éticos da sociedade. 

“Exortamos a comunidade muçulmana para continuar a diligenciar acções de solidariedade a favor das Forças de Defesa e Segurança que, com bravura, patriotismo e heroicidade defendem as populações, os bens e a integridade territorial”, indica a nota.

Boletim Informativo

  • Mais Notícias
  • Delegações Provinciais

 

UNIDOS NA LUTA CONTRA A POBREZA

Subscreva ao boletim informativo