hasta yatağıhasta yatağıtuzla escort
Primeiro Secretário do Comité Províncial de Nampula efectuou uma visita de trabalho para Distrito de Nacala
15.Abr..2020

Primeiro Secretário do Comité Províncial de Nampula efectuou uma visita de trabalho para Distrito de Nacala

No âmbito do cumprimento das medidas de contenção anunciadas por sua Excelência Filipe Nyusi, Presidente da República para a prevenção do COVID-19, camarada

Agostinho Abacar Trinta, Primeiro Secretário do Comité Províncial do Partido FRELIMO de Nampula efetuou na manhã de hoje, 15 uma visita de trabalho ao Distrito de Nacala em Nampula.

A visita teve como objectivo avaliar o pulsar do cumprimento do Decreto Presidencial sobre as medidas de prevenção do coronavírus, monitorar e avaliar o trabalho de sensibilidade em curso sobre as medidas de prevenção e combate a pandemia de COVID - 19 e divulgar as medidas de contenção da pandemia para evitar a sua propagação.

Em Nacala, camarada Agostinho Trinta, realizou vários encontros separados com grupos sociais, Primeiros Secretários dos Comités Distritais (Nacala, Nacala-à-Velha e Memba), Organizações Sociais (ACLLN OMM e OJM), Secretários dos Comités de Zonas, Administradores Distritais e seus Membros do Governo, Líderes comunitários e religiosos, Chefes das Brigadas de assistência aos Distritos, Empresários (Influentes) e outros grupos sociais.

E obedecendo o distanciamento recomendado de 1,5m de distancia das outras pessoas e segue as demais recomendações das autoridade para evitar a propagação do COVID-19 o camarada Agostinho Trinta divulgou as medidas de contenção de pandemia e instou a todos a continuarem a dessiminar as mensagens de prevenção e combate ao Covid-19, no seio das comunidades.

No encontro efectuado pelo camarada Agostinho Trinta , Primeiro Secretário do Comité Províncial de Nampula em Nacala destacou aos membros como sendo "a família" a célula principal nas medidas de contenção para evitar propagação de COVID-19.

Segundo o camarada Agostinho Trinta é na família onde a mensagem deve começar com nossos filhos, vizinhos, amigos e colegas de trabalho e com os outros para que tenhamos tido quidados porque esta doença não é brincadeira, ela mata e não escolhe raça, nacionalidade, etinia, filiação partidária e nem ricos ou pobres.

Para além de destacar família como sendo o pilar número um da difusão de mensagens de prevenção da pandemia, camarada Agostinho Trinta, destacou também a mulher como sendo um dos pilares numa família pois, é a mulher que orienta a família, controla os afilhos de modo a não deixarem crianças a saírem de qualquer maneira nas casas e não só, é com a mulher que pode controlar sobre a lavagem de mãos através de sabão mainato ou cinzas.

Para camarada Agostinho Trinta, continuou a exortar todos quadros e a população em geral em Nacala que neste momento de pandemia a serem pessoas com solidariedade, aliás se tiver uma barra de sabão mainato é preciso partilhar com os outros que lhe rodeiam de modo apoiar aqueles que não tem condições em conseguir esses materiais de higiene.

Segundo camarada Agostinho Trinta, o líder comunitário e religioso assumido pode salvar a população pois o líder está rodeado com muitas massas que são as populações e não existe outro tipo de responsável que pode transmitir essas informações a não ser um líder.

Camarada Agostinho Abacar Trinta diss que, tem consciência que está falar com dirigentes e líderes e temos que considerar que este é um perigo eminente a nossa população portanto devemos acatar com toda seriedade as recomendações do Presidente da República, Filipe Nyusi no âmbito de medidas de contenção do COVID-19 e transmissão de mensagens de forma directa para evitar propagação desta pandemia"-disse.

Para Agostinho Trinta disse que, em África a forma como vivemos é diferente a forma como vivem com outros países como na Europa ficar em casa é claro, as pessoas obedecem pois e aqui em África ficar em casa é obstáculo pois nós vivemos numa vida complicada e temos que procurar formas de nos apoiar.

Camarada Agostinho Trinta, afirma que tem conhecimento de pessoas que desiformam a população através de boatos e manipulações de modo a desviarem as mentes do nosso povo para não haver o cumprimento rigoroso das medidas de contenção de COVID-19 pois, há pessoas que nas nossas comunidades que sabem inventarem coisas, inventam coisas como se fosse verdade e precisamos de controlar este cenário.

"Mais uma vez camaradas, devemos ser vigilante lá nas nossas comunidades, pois o inimigo poderá se aproveitar desta pandemia para desinformar a nossa população de modo a não acatarem as medidas anunciadas pelo nosso camarada Presidente da República Filipe Nyusi porque o inimigo não tem a noção da dimensão do perigo desta doença e nós como FRELIMO é o nosso dever divulgar de forma clara as mensagens para que a nossa população não seja desviada pelos inimigos, portanto vamos combater o boato, existe pessoas que fabricam o boato como se fosse verdade e acaba desencaminhando a nossa população"-disse.

Boletim Informativo

  • Mais Notícias
  • Delegações Provinciais

 

UNIDOS NA LUTA CONTRA A POBREZA

Subscreva ao boletim informativo