Frelimo condena ataques armados
02.Nov..2015

O PARTIDO Frelimo condenou, com veemência, os ataques protagonizados pela Renamo nos últimos dias nas províncias de Sofala e da Zambézia, considerando que a acção visa minar o ambiente de paz que se vive no país, criar um clima de instabilidade política e social e desacreditar os esforços tangíveis que o Governo tem vindo a realizar rumo ao desenvolvimento.


A posição foi manifestada sábado, em Chimoio, durante o encontro de trabalho dirigido pelo presidente do partido, Filipe Nyusi, realizado no âmbito da verificação do funcionamento dos órgãos de base da Frelimo Sim naquela região.
Esta foi a primeira visita de trabalho que Filipe Nyusi realiza a Manica na qualidade de presidente, desde que assumiu a liderança do partido no início deste ano.


À chegada a Chimoio, Filipe Nyusi foi saudado por uma multidão de pessoas, entre membros, simpatizantes do partido e a população em geral, que o aguardavam desde as primeiras horas da manhã para o receber e felicitar.
Através de cânticos, danças e outras manifestações de alegria, jovens, mulheres, combatentes e outros grupos populacionais presentes no aeródromo exteriorizaram o seu apoio e simpatia com a Frelimo e com o seu presidente. Assim, o aeródromo de Chimoio tornou-se pequeno para receber o mais alto dirigente do partido no poder. Em todas as ruas e praças públicas da cidade de Chimoio dísticos, panfletos e cartazes com imagem de Filipe Nyusi anunciavam a chegada à província do dirigente máximo da Frelimo.


Momentos após a sua chegada e já no centro da cidade, Filipe Nyusi reuniu-se com o Comité Provincial do partido, evento alargado a outros quadros. Na ocasião o presidente do partido foi informado dos últimos desenvolvimentos na província nos capítulos político, económico, social e cultural, num informe apresentado pela primeira-secretária do Comité Provincial, Mariazinha Niquice.
No encontro, soubemos de fontes próximas, foram passados em revista os diversos aspectos do funcionamento dos órgãos do partido, tendo sido vincada a necessidade de se imprimir cada vez maior dinâmica, visando responder aos anseios da população face aos desafios que a actual conjuntura política e económica impõe ao partido.


Falando em conferência de imprensa momentos após desembarcar no aeródromo de Chimoio, o Secretário-geral do Partido, Eliseu Machava, explicou que a visita do Presidente Filipe Nyusi enquadra-se no âmbito do cumprimento da sua agenda de avaliar o funcionamento do partido desde as células até aos comités de círculo, zona, distritais e provinciais.
Trata-se de uma medida visando igualmente reforçar a unidade nacional, a reconstrução do país, o envolvimento dos moçambicanos na preservação da paz, da unidade nacional, assuntos que integram a agenda do presidente da Frelimo.
Eliseu Machava defendeu que para que a paz seja duradoura, cada moçambicano deve trabalhar para ela, destacando o papel fundamental do seu partido na dinamização da cultura da paz no país, por considerar que a paz é factor essencial para o desenvolvimento.

Ler 116954 vezes Modificado em segunda, 02 novembro 2015 18:06

Boletim Informativo

  • Mais Notícias
  • Delegações Provinciais

 

UNIDOS NA LUTA CONTRA A POBREZA

Subscreva ao boletim informativo