CONCENTREMOS NOSSAS FORÇAS NA LUTA CONTRA POBREZA
27.Ago..2015

O Secretário-Geral da FRELIMO, Eliseu Joaquim Machava, apelou à população da província da Zambézia para que junte as suas forças e trabalhar anficadamente no combate à pobreza, o principal inimigo de todos cidadãos. Vincou que a paz e a unidade nacional são elementos que permitem que o país alcance os níveis de desenvolvimento, à vários níveis, resultantes da participação activa dos moçambicanos na nobre tarefa de reconstruir o país.


Eliseu Machava, que se dirigia à população do Munícipio do Guruè, disse que a recontrução do país exige envolvimento activo de todos os moçambicanos para que a agenda nacional, baseada no combate contra pobreza, na presevração da paz e consolidação da unidade nacionl, seja cumprida com sucesso. Salientou os órgãos do Partido estão estruturados no sentido de criar mecanismos que permitem participação povo nas acções do combate contra pobreza.

Segundo o Secretário Geral da FRELIMO, a guerra e o divisionismo não devem ter espaço no país, na medida em que interferem negativamente no processo de recontrução de Moçambique.
“A nosso independência foi conquistada com muito sacrifício, por isso é algo que deve ser valorizado. Não faz sentido que um grupo de moçambicanos tome iniciativa de fazer guerra contra outros moçambicanos. Não podemos permitir que um certo grupo de indivíduos, cidadãos moçambicanos, promovam guerra contra os seus irmãos”, apelou Eliseu Machava, que classifica aqueles que defendem de “principais inimigos da Independência Nacional.

Eliseu Machava apelou ainda aos homens armados espalhados pelas matas nos diferentes cantos do país, a abandolrarem aqueles lugares e juntarem à outros cidadãos para, lado a lado, enfretarem a grande batalha contra a pobreza. O dirigente da FRELIMO defende o diálogo como elemento fundamental na busca de soluções, de todas as direfenças, sejam elas, polícas ou sociais.

Entretanto, segundo Eliseu Machava, o Governo da FRELIMO está a par dos problemas que o povo ainda enfrenta em algumas zonas do país, sobretudo no diz respeito à necessidade do melhoramento e alargamento da rede escola, serviços de saúde, elergia eléctrica, vias de acesso, entre outros benefícios que possam acelerar o desenvolvimento local.

Galeria

Boletim Informativo

  • Mais Notícias
  • Delegações Provinciais

 

UNIDOS NA LUTA CONTRA A POBREZA

Subscreva ao boletim informativo