Nyusi exortou líderes a combaterem a malária
15.Ago..2017

PR sensibilizou liderança tradicional de Sofala sobre uso correcto de redes mosquiteiras para o combate da malária

Trinta líderes comunitários, incluindo o pai de Afonso Dhlakama, e igual número de religiosos juntaram-se numa tenda para um jantar

com o Chefe de Estado, em Chibabava, província de Sofala.

O momento serviu para Filipe Nyusi sensibilizar a liderança tradicional da província sobre a limpeza de espaços baldios e uso correcto de redes mosquiteiras, para o combate da malária.

“A malária é uma doença evitável, mas está a matar aos olhos de todos. Nos centros de saúde, encontramos maior número de pessoas com sintomas de malária. Esta doença pode ser evitada fazendo-se limpeza ao redor da nossa casa e usando a rede mosquiteira. Gostaria que os líderes mobilizassem as comunidades a usarem de forma adequada as redes mosquiteiras, para se evitar mortes”, exortou Nyusi.

Entretanto, o Presidente da República disse estar ciente das dificuldades que os líderes comunitários enfrentam no exercício das suas funções.

“Estamos cientes dos problemas enfrentados pelos líderes locais, tradicionais e religiosos. Temos problemas de baixos subsídios, problemas de fornecimento de fardamento, assim como as nossas capacidades financeiras não são suficientes”, afirmou, justificando que “O país está a enfrentar um momento difícil”.

Para o Governo, o papel dos líderes comunitários é indispensável, visto que existem muito antes da independência. “Os líderes sempre existiram naturalmente. Aos líderes tradicionais, recai a responsabilidade de estabilizar os valores sociais. Por isso, os líderes são cúmplices no desenvolvimento do nosso país”.

Nyusi insta líderes a serem vigilantes contra traficantes:

Filipe Nyusi exortou os líderes a serem vigilantes contra os traficantes de madeira nas suas comunidades. “Ainda não entendo como é possível que alguém que usa tractores e máquinas corte as árvores e leve-as consigo sem que o régulo, o cabo e o ‘mambo’ da zona se apercebam. Não podemos ser líderes que facilmente são aldrabados. Temos de ser vigilantes e comunicar estes casos, não importa se o chefe está envolvido. Temos de denunciar às nossas administrações”.

Por outro lado, Nyusi alertou sobre as queimadas descontroladas, encorajando os líderes a aumentarem o controlo sobre as suas zonas de liderança. Na mesma ocasião, agradeceu o facto de terem conseguido mobilizar a população a produzir alimentos. “Os líderes exemplares conseguiram destacar-se através das grandes machambas”, disse Nyusi.

Ler 216 vezes

Boletim Informativo

  • Mais Notícias
  • Delegações Provinciais

 

UNIDOS NA LUTA CONTRA A POBREZA

Subscreva ao boletim informativo